Gurugu mawaru gurugu mawaru*

Realmente não quero parar de girar. Como prometido, vi a primeira temporada de School Rumble, já faz algum tempo, mas só agora tive vontade de escrever. Não que os colegiais tarados e as lindas estudantes não me inspirassem, foi só preguiça mesmo.
O universo School Rumble é pateta, gozado e baka**, e por isso divertido. Eu explico. Uma doce e determinada garota, Tenma-chan, é apaixonada por um colega, Karasuma-kun, que está prestes a mudar de cidade, então ela escreve uma declaração de amor enorme, mas esquece de assinar e o mistério faz com que ele fique para descobrir quem foi a autoria da carta. É nesse momento que um "delinqüente juvenil", Harima-kun, se apaixona por Tenma-chan e tenta fazer de tudo para se aproximar dela.
O animê bem descontraído e desconexo então, é possível até, ver todos fora de ordem e ainda assim conseguir entender. Mas quando você acha que boas risadas com as trapalhadas desse trio são tudo o que School Rumble pode oferecer, aparece a irmã da nossa protagonista, Yakumo-chan, que pode ler o pensamento dos homens interessados nela, bem, se você for homem deve conhecer essas besteiras e for é mulher, acho que a história lhe seria bem útil.
As trapalhadas desse pretenso "triangulo amoroso" devem continuar na segunda temporada da série, School Rumble Ni Gakki, logo trago mais notícias sobre ela, mas por enquanto, vale a pena rir com School Rumble.





*Gurugu mawaru gurugu mawaru: Parte da música da primeira abertura de School Rumble, significa "Não quero parar de girar, não quero parar de girar";
**Baka: Idiota, bobo.

Comentários

Tristão disse…
triângulo sem assento
¬¬'

eu mereço
;/~
Glauco disse…
pára com isso "isolda", tu só tá comentando pq eu te falei agora no msn que errei isso, praga.

Postagens mais visitadas deste blog

Itá terá a maior tirolesa da América Latina

Uma cicatriz na alma

Editorial “Tempo, esse devorador de coisas”