- Meu primeiro e último pensamento do dia são para você.
- Mas isso não é o suficiente.
- Tá, então que tal mais três spots no horário nobre?
- Também não.
- Ótimo, porque já inutilizo todo o meu dia revendo, mentalmente, os detalhes do teu rosto, das suas costas e até o formato esquisito do teu pé.
- Sim, e isso serve pra que?
- Pra nada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Itá terá a maior tirolesa da América Latina

Uma cicatriz na alma

Editorial “Tempo, esse devorador de coisas”